quinta-feira, novembro 09, 2006

Coincidências ...

Mãe ... espero que nunca desistas e que, apesar do suor que vais gastar, continues sempre com energia para chegares ao fim.
E lembra-te sempre, que, acima de tudo, és uma lutadora!
Um grande beijinho desta filha que te adora ...
Joana

P.S. (Faça o favor de guardar esta carta muito bem guardadinha, ouviu?)
3/07/1998


Hoje de manhã quando arrumava uns livros, reparei num papel que se destacava de dentro de um deles. (Adoro guardar pequenas coisas dentro dos livros para depois as encontrar anos mais tarde). Quando o abri vi que era esta carta da minha filha mais velha.
Sei qual o contexto em que foi escrita. Decidira tentar o ingresso na faculdade, e com a idade que já tinha e os encargos familiares, adivinhava-se tarefa complicada. Daí o incentivo que me estava a ser dado.
Como imaginar que oito anos depois, esta mesma carta teria tanta actualidade!

13 Comments:

Blogger Su said...

coincidencia...podia ter sido eu a escrever essa carta.. minha mae..a lutadora...por mim adorada....

jocas maradas

9:10 da tarde  
Blogger Era uma vez um Girassol said...

Não, minha querida Dulce, não há coincidências...
A mensagem está aí:
- Não desistas NUNCA...és uma lutadora....
Muito bonita!
Beijinhos

9:17 da tarde  
Blogger mfc said...

É bom termos, por vezes, a noção errada que o Tempo não passou!!

9:58 da tarde  
Blogger wind said...

:) A filha conhece a mãe que tem:)))
beijos

10:56 da tarde  
Anonymous poetaeusou said...

Dulce,nota-se que a sementeira dos pensamentos, germinou em terra fertil, e o bom fruto é a Joana.
»»»»São as Mães de todas as Gentes.
Aquelas que levam o Verbo até ás Crianças.
Que educam e semeiam ideias.
Que marcam os trilhos.
Para colher pensamentos««««.
(Extracto de,Mulher como Tu,H.Mota)
Index Poesis-Colec.dePoesia.Pag 51.
poetaeusou(recordandominhamãe)

12:06 da manhã  
Blogger JPD said...

è sempre dos filhos que se recebem os melhores incentivos.
Se daqui a uns anitos lagos entregares essa carta e outros objectos a essa tua filha, seguramente que a deixarás derretida de ternura por lhe ser confiada essas recordações.
:)

12:14 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Penso que as cartas dos nossos filhos estão sempre actualizadas...Beijos.

12:19 da manhã  
Blogger viajante said...

Um grande APLAUSO para a Joana e para a mãe.

9:48 da manhã  
Anonymous poetaeusou said...

ALÉM DE MIM:
Pelo Cesário. Permite...
Casario do Ginjal.
Wind.
Porque são tão selectivos.
No Neoliberalismo nem tudo é Mau !
Concedam-me o prazer de Comentar.
Blogs tão diferentes, tão Geniais.
Outra Banda,meus idos anos 1968/70.
Wind(Sea) Brisa do Mar, do meu Mar.
Comentar é uma das formas colaterais de Blogar, correcto ?
poetaeusou(pedinchão)

9:56 da manhã  
Blogger Ana Fundo said...

Espectáculo Dulce, e mesmo a calhar neste momento de grandes mudanças na tua vida!!!
A Joana e a Diana, sempre estarão ao teu lado!!!
Beijinhos
Ana

P.S. claro e a Shibiuza!!!

11:13 da manhã  
Blogger aldina said...

Sei bem o que é ter a nossa mãe a estudar ao mesmo tempo que nós... a vida em todo o seu esplendor!

Até sempre!

6:59 da tarde  
Blogger Ines said...

Delicioso encontrar bocadinhos de afecto guardados, à espera, no meio das páginas de um livro!

Aposto que o sorriso que fiz foi por contágio do teu!

9:12 da tarde  
Blogger A Rapariga said...

Também tenho, uma data delas. De vez em quando, leio-as
Beijos

12:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home