terça-feira, novembro 14, 2006

...

"Apagar tudo do quadro de um dia para o outro, ser novo com cada nova madrugada, numa revirgindade perpétua da emoção - isto, e só isto, vale a pena ser ou ter, para ser ou ter o que imperfeitamente somos."

PESSOA, Fernando, "O Livro do Desassossego", Novis, p.72,

13 Comments:

Blogger Paula Raposo said...

Já uma vez disse que realmente a minha inteligência não compreende o Poeta. Beijos.

10:06 da tarde  
Anonymous poetaeusou said...

Mais que a existencia.
è um mistério o existir, o ser o haver.
Um ser, uma existencia, um existir-
Um qualquer, que não este, por ser este-
Este é o problema que perturba mais.
O que é existir-não nós ou o mundo-
Mas existir em si ?
O mistério do Amor. Canto / XXVI.
in)Fernando Pessoa.Edição - Visão.
poetaeusou(esotérico)

10:26 da tarde  
Blogger Peter said...

Vergílio Ferreira, que tive o prazer de conhecer pessoalmente e que foi um dos escritores que melhor trataram a nossa língua, não o tinha em grande consideração. Não o considerava um verdadeiro escritor, por nunca ter escrito um livro.
FP, não sei porquê e até porque não existem motivos para tal, afirma-se só depois do 25 de Abril de 1974.
Estarei errado? Aceito qq esclarecimento.

10:33 da tarde  
Anonymous poetaeusou said...

Acho que não, foi quase, olvidado, e nas escolas. Em 1975, foi apodado de Nacionalista. O Triste, tratou-o jocosamente, para alguem, era anti-Clerical e esta
Geração, FloribelaOUmoranguista, pensa que é o Jardineiro dos Novelos sem ponta.Por onde não há ......
Gaita, desculpa Dulce, que o Homem,
para alem de Beber uns Copos, de ser impedido de dar aulas e quiçá explicações, de falir com uma Tipografia, porque fiava a toda a gente, ainda teve o azar de nunca participar numa Novela. É Pá, é
mesmo azar de Reflexo.
Peter, um Abraço. É apenas um divagar sobre um menino, que nunca
perdoou as pais de não ter sido Marinheiro.
poetaeusou(sónanet)

10:55 da tarde  
Blogger mfc said...

É tão difícil encontrar esse interruptor!

10:59 da tarde  
Blogger aldina said...

Que sossego...!

Até sempre

11:44 da tarde  
Blogger Era uma vez um Girassol said...

Hum...Espero que alguém me ofereça este livro no Natal...!!!
Beijinhos

11:58 da tarde  
Anonymous poetaeusou said...

Já na próxima semana.
Sol da Ria.
poetaeusou

12:14 da manhã  
Blogger Paulo Sempre said...

Desassossegos....
Beijo
Paulo

1:12 da manhã  
Blogger wind said...

Este livro desassossega-me toda.lol:)
beijos

1:24 da manhã  
Blogger Sandra Cardoso said...

Eu também não encontro o interruptor, mas sabes o que faço mfc, vou abrindo janelas ...e esta janela da Dulce dá cá uma luz!

Beijo

10:30 da manhã  
Anonymous Juda said...

Em mais esta minha passagem deixo um abraço... não apago o endereço...

12:27 da tarde  
Blogger Isabel said...

Como só ele saberia dizer.
Renascer.

Isabel

5:09 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home