terça-feira, abril 10, 2007

"Slides"

Texto retirado

15 Comments:

Blogger Maria said...

"As águas cantavam baixinho uma trágica história de amor e se fechássemos os olhos podíamos ainda ouvir fugindo, os passos breves dos amantes"

Nunca tinha pensado em tal imagem...
Lindo, Dulce

Beijo

3:27 da manhã  
Blogger viajante said...

...e ofereceu-te um momento lindo!
Bjs

7:45 da manhã  
Blogger Luis Eme said...

Bonita prosa... não escureceu com a fuga do sol...

9:52 da manhã  
Blogger maria said...

Lindo.
Como sempre...

Bjs.

11:19 da manhã  
Blogger José said...

Fui ao sótão buscar a máquina de slides, dei-lhe uma boa afinação e só depois disso consegui ver os teus slides escritos. Porque esta coisa dos slides já é do antigamente!
E sabes o que descobri?
Cada vez escreves melhor, mesmo com falta de inspiração, como dizes.
Agora imaginem se ela estivesse inspirada!
Beijos doces como as paisagens.

3:22 da tarde  
Blogger TINTA PERMANENTE said...

Bátegas de cor poética, talvez com laivos de nostalgia de qualquer tarde por findar...
Abraços!

4:27 da tarde  
Anonymous Pedro Branco said...

Em que espaço moram as palavras? Talvez se construam numa nuvem, se pintem numa flor e se camuflem perto da erva...
Talvez se escondam debaixo de um rio, se inquietem pelas margens, se escusem ao vento...
Talvez se misturem nos nossos olhos, deslizem pela memória, adormeçam ao luar...
Talvez existam apenas em nós, de cada vez que os nossos sonhos encontram de novo a luz do dia, os silêncios e as tempestades...
Talvez nasçam só de mansinho, num parto sem dor...
Talvez caiam na neve, rebolem nas dunas, nergulhem nas lágrimas, ecoam nas gargalhadas...

Talvez... porque tudo é razão de ser palavra.

5:04 da tarde  
Blogger augustoM said...

Se fazes favor levas um dos teus textos para dizeres no juntar. Vergonha? Só para quando as coisas não prestam.
Um beijo. Augusto

9:24 da tarde  
Blogger Conceição Bernardino said...

Convite de apresentação


Meus queridos amigos,
Queria convidar-vos a todos para a apresentação do meu primeiro livro de poesia, “ Alma Poética” que se realizará no dia 23 de Abril às 22h (segunda – feira, dia mundial do livro), que se realizará na Fnac no Gaia Shoping.
Muito obrigada a todos.
Apareçam será um prazer a vossa presença.
Beijinhos
Conceição Bernardino

http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

2:58 da tarde  
Blogger poetaeusou said...

/
"de luar"
de sonhos
verdes
afluxados
esverdeados
engolidos
confundidos
irreais
/
ji)
/

3:57 da tarde  
Blogger A Rapariga said...

São as palavras que nus unem.
caleidoscópio
noite
horizonte
antes de ti
Beijo

5:30 da tarde  
Blogger lena said...

Dulce

lindo este momentos que nos ofereces

um doce fim de tarde, seguida do cair da noite onde o silêncio brilhou

escreves realmente muito bem


um abraço carinhoso

beijos para ti

lena

10:43 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Olá minha amiga Dulce.

Agradeço muito teres me inscrito no jantar. Gostava mesmo de estar presente porque, além do convívio com novos colegas, queria apresentar-vos o meu livro " O Peso do Silêncio".
Mas não vou poder ir. Um problema de família.
Dá os meus cumprimentos e as minhas desculpas a todo o grupo.
Divirtam-se!
Um abraço a todos.
João Norte
intro.vertido

4:30 da tarde  
Blogger MARIA VALADAS said...

Que boa leitura nos prsenteias...
Estava tão embrenhada...que queria mais...:(
Não podes dar continuação??

Aguardo que sim!

Beijinhos da

Maria

6:31 da tarde  
Blogger Cusco said...

Lindo texto! Adorei! As antiquíssimas árvores lembram-me a secular oliveira.. encontro muitas lembranças neste texto. Quase que o cheiro também está aqui.....!
Um abraço e
Até breve!

4:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home