segunda-feira, abril 02, 2007

Choupal


(Foto minha)
Texto retirado

15 Comments:

Blogger bom dia isabel said...

Uma linda fotografia verde esperança a encimar um post que me trouxe uma alma nova.É que neste esconderijo só teu, senti-me bem. Os sons, os cheiros, as cores chegaram até mim e renovaram este meu interior que anda um bocadinho triste, um bocadinho inquieto, um bocadinho ao acaso.
A mudança da estação, impõe-me alguma melancolia que não sei explicar.
Beijinhos de Faro e S. Brás de Alportel.

2:03 da tarde  
Blogger YTMO said...

É sempre um prazer ler-te...
É um privilégio de pouco ter um paraíso secreto... só nosso!
Bjs

2:35 da tarde  
Blogger wind said...

Belíssima prosa poética e linda foto:)
beijos

2:36 da tarde  
Blogger poetaeusou said...

/
a miragem
no esconderijo
desafia a eternidade
esvoaçando nas folhagens
orvalhadas dos trilhos
/
b)
/

3:03 da tarde  
Blogger Cusco said...

Olá! Obrigado pela visita à serra e pela partilha de livros.
Quarta-feira tenho novo texto e há uma probabilidade (infinitesimal talvez) que o mesmo te vá perseguir para sempre..Sempre!

6:16 da tarde  
Blogger mfc said...

Guarda bem esse lugar... é lindo!

12:27 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Gostei imenso das palavras e da foto! Maravilha. Beijos.

10:36 da manhã  
Blogger José said...

"Do Choupal até à Lapa
foi Coimbra meus amores
e sombra da minha capa
deu no chão abriu em flores"

Belas fotos de um lugar cheio de tons e sons. Só as tuas palavras para nos revelares sítios paradisíacos e poéticos.
Beijos

3:09 da tarde  
Blogger Maria said...

Enquanto te li estava a ler-me. Num outro qualquer choupal, jardim...
Se quisermos, podemos fechar os olhos e sentir tudo o que disseste. Até os cheiros...

Beijos

5:28 da tarde  
Blogger Besnico di Roma said...

… … a manhã fresca no meu rosto… …
… … encontro as cores, os odores e os sons… …
Dulce que lindo. Como eu entendo bem o teu sentir.
Obrigado pela ajudinha… eh eh eh!
Beijitos

7:12 da tarde  
Blogger vero said...

Gostei muito de te ler...
Linda a foto

Beijinhos minha querida amiga ***

10:13 da tarde  
Blogger david santos said...

Prosa poética e foto bem conjugadas. Parabéns.

11:02 da tarde  
Blogger augustoM said...

E não partilhas com ninguém?
Bonita prosa que envolve a folhagem e a água salpica
O etéreo recebe o perfume
E a nossa alma desvanecesse
E esta hem!
Um beijo. Augusto

9:36 da tarde  
Blogger A.S. said...

Dulce, todos temos o nosso refúgio!...

Um beijo...

2:50 da tarde  
Blogger lena said...

Dulce, menina linda

belo esse refúgio, secreto, só teu

a foto é maravilhosa e as tuas palavras bem conjugadas dentro dela

por momento senti paz, senti os sons e os odores deste paraíso maravilhoso

escreves muito bem


um abraço meu

beijinhos para ti

lena

9:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home