segunda-feira, março 12, 2007

Quando a noite caiu

Texto retirado

15 Comments:

Blogger Pepe Luigi said...

Brilhante esta descrição sobre a angústia!

Um beijinho
do Pepe.

9:45 da tarde  
Blogger viajante said...

Este comentário foi removido pelo autor.

10:07 da tarde  
Blogger Conceição Bernardino said...

Avancemos com o amor

avancemos com o amor
porque a partir de hoje
esquecemos tudo o que
nos soa a duvidoso
valor estendemos nas
mãos o tecido das nossas
trocas amor vem comigo
retomar o caminho em
que nos soltámos um dia
em passeios pela
alma

Poema da autora “Marita Ferreira” do livro “Múltiplos de ti”

Vale apena reflectir neste poema está cheio de verdade
Beijinhos
ConceiçãoB
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

10:08 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

QUANDO A NOITE CAÍU, começou ela o seu Tempo. De partilha, de reflexão, de escrita, de Amizade. Quase sempre até às tantas...

10:10 da tarde  
Blogger escrevi said...

Lindo.
Boa noite Dulce.

Bjs.

10:32 da tarde  
Blogger Maria said...

Quando o tempo deixa de ser Tempo e começa lentamente a arrastar-se...
... no tempo...

Beijo

11:45 da tarde  
Blogger Jefferson P. said...

olá... Dulce, estou feliz em ir "além de mim", enquanto eu voava por esta blogosfera infinita.

Belíssimo trabalho.
Parabéns!

bjos grandes $ sentidos.......

5:58 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Obrigada pela passagem no meu espaço. Beijos.

9:16 da manhã  
Blogger poetaeusou said...

correm ao contrário...
ji)

9:23 da manhã  
Blogger alice said...

"caiu" e não "caíu"

pode confirmar aqui: http://www.priberam.pt/dlpo/conjugar_resultados.aspx

bom dia.

10:33 da manhã  
Blogger dulce said...

À Alice:
A emenda está feita. Obrigada pelo reparo.

5:34 da tarde  
Blogger Cusco said...

Olá! As Senhoras apesar das caracteristicas muito parecidas não eram as mesmas. Estas estavam numa transversal à direita quando se sobe em direcção ao monumento a Duarte Pacheco.
Em relação ao comentário ao texto sobre as minhas "Elas", realmente a dependencia não é assim tão grande.. mas no texto fica bem..!
Quanto aos teu (aos teus) a qualidade e o estilo de escrita são exactamente dentro daquele estilo que eu mais aprecio. Bons, belos como sempre.
Olha a seguir vou postar um texto louco, sobre o dia do pai!
Obrigado pela visita e até breve
SE DEUS QUISER

6:01 da tarde  
Blogger Afonso said...

Apenas tenho uma palavra: ADOREI!

Até breve . . .

6:03 da tarde  
Blogger wind said...

Muito forte e angustiante. Aliás é sempre assim quando a tua bela prosa vai ao "ontem".
Beijos

7:29 da tarde  
Blogger José said...

Nessas noites o melhor será rever outros filmes, outras tardes em que a noite caiu e levar o sonho a outras, sabendo tirar o proveito evidente de que a vida passou ali, naquele espaço e naquele tempo e não deixar cair o véu...

Beijos de bom fim de tarde

3:32 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home