domingo, outubro 01, 2006

Jantar de Outono

Ontem fomos sete àquela mesa. Sete pessoas. Sete vontades. Sete desejos de estarmos juntos. Noutras alturas já fomos muitos mais ... Acredito que no próximo, o número de participantes se acrescente de novo. O que importa realmente é que estejamos ali, não para cumprir um ritual que se criou, não para ver quem vai ou quem não vai, mas porque realmente nos agrada estar ali. Rever os rostos de quem habitualmente lemos. Alargar o âmbito das conversas. Abraçar os amigos. Sorrir e ver os sorrisos nos outros.
(Estarei a exagerar? Serei só eu a ver as coisas deste modo?)
Em Janeiro há mais. Com os convivas do costume!

E agora Fernando Pessoa ...

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

in Poemas de Fernando Pessoa, Visão, JL, p. 201

8 Comments:

Blogger wind said...

Talvez em Janeiro vá, agora tive muitas condicionantes como sabes.
E não, não és só tu a ver as coisas desse modo;)
Este é só um dos meus preferidos de Fernando Pessoa:))))
Obrigada;)
beijos

2:39 da tarde  
Blogger Su said...

nada.....
jocas maradas

9:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

não não é demais não estas a exagerar, o exagero poderá estar na amizade que existe em voces, mas como a amizade não tem limites nem parametros, tal como o amor esta fora de questão, mas esse teu medo demonstra... humildade, a coisa mais nobre, eu diria real, pois o exemplo de nobreza a esta altura da nossa existencia na terra esta bem abaixo da humildade, não ha nobreza como a de portugal no seclo XVI, o unico treixo da historia da nobresa que se aproveita, guerreiros comerciantes e quase parte integrante do povo feliz naquele tempo no nosso portugal, e real refiro-me á epoca de alexandre, pois bem ja sabe a que ponto elevo a humildade, exedi-me como diria um teu correspondente, tenho medo de me exeder, ou seja voce mete respeito, e não medo como hoje esta bem na moda no nosso tugal. p_helder@hotmail.com

4:36 da manhã  
Blogger Ana Fundo said...

Já vistes as fotos que mandei???
E a minha afilhadita???
Jokinhas grandes
Ana

9:31 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O SONO, NESTE MOMENTO É O MEU MAIS PODEROSO ALIADO. MAS TAMBÉM UM PERIGOSO INIMIGO. CONSEGUES
PERCEBER?

1:55 da tarde  
Anonymous Um participante activo said...

Dulce, tive muito gosto em voltar a estar convosco.

2:04 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Seremos muitos mais com certeza. Ausente, não pude estar presente. Não és só tu a ver desse modo. Esse poema do Fernando Pessoa é uma excelente escolha no contexto!! Beijos para ti, de longe...

3:27 da tarde  
Anonymous Petrus said...

Tenho que meter um pouco de humor negro nesta conversa. Se só querem repetir o repasto em Janeiro, mudem de restaurante e marquem para Novembro

From: o da musica francesa !!!!


PS: Pessoa no seu melhor.

4:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home