domingo, abril 09, 2006

...

"Os futuros não realizados são apenas ramos do passado: ramos secos."

CALVINO, Italo, ""As cidades invisíveis", Teorema, Lisboa, 2003, p.31

8 Comments:

Blogger wind said...

Ai Dulce estive 5 minutos a pensar no que ia escrever e cheguei à conclusão que não concordo com essa frase. Se não se realiza nem sequer é futuro, simplesmente não existe e ponto final. Beijos

2:27 da tarde  
Blogger AS said...

Os futuros não realizados são nada de nada... ficção!

Um beijo Dulce

5:29 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Concordo com o Frog...não existem futuros não realizados, isto é, não são nada de nada. Nem ramos secos. Beijos.

7:22 da tarde  
Blogger Peter said...

Não existe presente, tudo é passado e assim o futuro está sempre a abrir-se à nossa frente.
Portanto, se algo que pensávamos fazer, não o fazemos, será sempre "um ramo seco do passado".

É interessante o livro citado.

Boa semana que agora se inicia.

10:41 da tarde  
Blogger José said...

Só vejo uma saída para essa frase.
Os futuros não realizados, são apenas sonhos!
Aí se eu pudesse realizar os meus futuros! Eheheheheh
Boa semana.

12:08 da tarde  
Blogger Lobo Solitário said...

O passado é o prólogo do presente.

1:01 da tarde  
Blogger augustoM said...

Os futuros não realizados, são apenas passados que não passaram do presente.
Mas também podia fazer outra demonstração, sem futuro não há passado ou vice versa, mas é melhor ficar por aqui.
Um beijo. Augusto

2:03 da tarde  
Blogger jorgesteves said...

...ou, porventura, semente que germina Amanhã novos rebentos.
Antes crer que seja assim!
jorgesteves

2:18 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home