sexta-feira, março 03, 2006

...


"É a minha intenção quando digo que gostaria de remontar o curso do tempo: gostaria de apagar as consequências de certos acontecimentos restaurar uma condição inicial. Mas todos os momentos da minha vida acarretam um montão de factos novos, e todos estes factos novos acarretam as suas consequências, pelo que quanto mais tento voltar ao momento zero de que parti, mais dele me afasto; embora tendo todos os meus actos a intenção de apagar consequências de actos precedentes e conseguindo até obter resultados apreciáveis neste apagamento, que me abrem o coração a esperanças de alívio imediato, contudo tenho de considerar que cada uma das minhas acções para apagar acontecimentos precedentes provoca uma chuva de novos acontecimentos que complicam ainda mais a situação anterior e que terei de tentar apagar por sua vez. Por isso tenho de calcular bem todas as acções de modo a obter o máximo de apagamento com o mínimo de recomplicação."

CALVINO, Italo, "Se numa noite de inverno um viajante", Público, Colecção Mil Folhas, p.17/18
(Foto em www.olhares.com)

6 Comments:

Blogger wind said...

Caramba este autor anda sempre às voltas:) Não encontra um rumo. Assim não vive, sobrevive. Beijos

5:57 da tarde  
Blogger Su said...

gostei de ler.por isso nada se apaga em minha vida:)
jocas maradas

8:23 da tarde  
Blogger estoycomountren said...

Buen fin de semana Dulce. Besos.

9:02 da tarde  
Anonymous Carlos said...

Sonhei o teu corpo

Como o pintor

Sonha a sua tela:

De formas doces

Ternamente delineadas

A necessitarem de amor.



Descobri o teu pensamento

Na minha boca

E senti que ela ficou louca

Por te beber.

10:18 da manhã  
Blogger lena said...

interessante, não li o livro, mas conseguiste tentar-me


beijinhos meus

lena

4:28 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Sem dúvida. Correcto. Simplesmente perfeito.

10:08 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home