quinta-feira, maio 11, 2006

...

"Vês, lá fora? Há duas nuvens pequenas, uma por cima da outra. Uma és tu, a outra sou eu. Qual delas és tu? Qual delas sou eu?"

PAIXÃO, Pedro, "Muito, meu amor", Cotovia, Lisboa, 2003, p.16

9 Comments:

Blogger marakoka said...

eu sou a outra...
jocas maradas de nuvens

9:05 da tarde  
Blogger axadresado said...

a grandeza do espirito,
a força da imaginação,
e a actividade da alma,
eis o genio.
bjs

9:10 da tarde  
Blogger wind said...

Acreditas que me ri?:))) Esta música é linda;) beijos

10:20 da tarde  
Blogger Peter said...

Vim ver o vídeo ...

11:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O Ambrosio utilizava as nuvens para comunicar...

9:53 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

As duas nuvens são ambos...

10:21 da manhã  
Blogger A Rapariga said...

As duas nuvens é um...tenho a certeza que é o que o Pedro quer dizer.

10:51 da tarde  
Blogger Helder Ribau said...

muito muito bonito...

7:02 da tarde  
Blogger dora said...

gosto muito da clareza - do n~ao claro - do Pedro Paixao

1:32 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home