segunda-feira, maio 08, 2006

Estrela


Legenda
para aquela estrela
azul
e fria
que me apontaste
já de madrugada:
amar é entristecer
sem corrompermos
nada.

OLIVEIRA, Carlos, "Quinze Poetas Portugueses do século XX, Assírio & Alvim, Lisboa, 2004, p.195
(Foto em www.trekearth.com)

7 Comments:

Blogger jorgesteves said...

Só porque o poeta triste: a estrela não é fria, nem amar é amargurar...
abraços,
jorgesteves

4:39 da tarde  
Blogger travessias said...

O não amar também é triste...

6:44 da tarde  
Blogger JPD said...

Eu gostei do poema.
Acho que fizeste uma boa escolha.
Bjs

9:46 da tarde  
Blogger wind said...

So sad:( Beijos

10:28 da tarde  
Blogger Ana Fundo said...

Amiga...adorei a foto :-)))

11:27 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

'Amar é entristecer'. Não penso assim. Fotografia linda. Beijos.

9:56 da manhã  
Blogger anatema said...

Amar es ser estrella. Una más en el firmamento.

Amar es sentirse estrella. La más fulgurante de todas las estrellas.

11:03 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home