quinta-feira, janeiro 12, 2006

...

"Gostava daquela sensação de me banhar na luz, como se a claridade fosse água"

JANER, Maria de la Pau, "As mulheres que há em mim", Dom Quixote, Lisboa, 2005, p.36
(Foto em www.olhares.com)

5 Comments:

Anonymous Carlos said...

http://www.momentos-pps.com.br/fotos/letras%20de%20musicas/the%20way%20we%20were%20-%20o%20jeito%20como%20nos%20eramos.jpg
desconhecida!...

se te ñ conheço o corpo

e teu seio,pela asência ñ toquei

teus lábios rubros

soletrando papoilas de desejo nunca vi

confesso k senti

as gôtas de orvalho

desse jardim

onde em sonho ,eu já adormeci

desconhecida, como?

se me deixaste entrar na alma

e tu me sentes em ti !

1:01 da tarde  
Blogger wind said...

lindo:) beijos

1:40 da tarde  
Blogger lena said...

Dulce que sensação, imagem perfeita nas palavras certas
de Maria de La Pau Janer

beijinhos muitos

lena

10:05 da tarde  
Blogger romero said...

que sensacion maravillosa !

11:29 da tarde  
Blogger O TEMPO E O MODO said...

Dulce ! Tens razão ! Não se lhe compara, em nada !

Bji

11:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home