quarta-feira, fevereiro 14, 2007

Para a minha "mana"


Amiga

Já perdi a conta dos anos que te conheço. Espera, deixa-me pensar um pouco ... Foi em 99. Oito anos já. Para ti que tiveste uma vida cheia, estes foram apenas "estes últimos oito anos". Para mim, parece-me já ter sido há muito tempo.

Lembras-te de me teres chamado no páteo naquele dia à tarde? Não havia aula ou ela ía ser transferida para outra sala, já não me lembro bem. Estavas junto de outros colegas e viste-me chegar, apressada. Gritaste o meu nome e eu por ali fiquei junto a ti e ao resto da malta. Sempre foste aquela que se dava bem com toda a gente. Tratavas todos por tu. Metias-te com todos. Acarinhava-los quando estavam tristes e fazias a festa maior quando era dia de festejar. Depois, a partir desse dia aproximei-me. Conversávamos. Tomávamos café. Trocávamos apontamentos. Naquele dia em que choraste toda a manhã, não consegui tirar os olhos de ti. Nas aulas tentavas disfarçar mas de vez em quando saías da sala e nos intervalos encontrava-te a um canto, meia amarfanhada, as lágrimas correndo sem parar. Depois soube porquê e ao longo destes anos aprendi a conhecer-te.

Tanta coisa se passou entretanto ... o emprego perdido, os amores, os filhos, a mudança de casa, o curso terminado. E as derrotas e as vitórias e a doença e os combates. Ganhaste um espaço na minha vida - um espaço que antes nunca havia sido ocupado por ninguém. Contigo, consegui abrir a minha vida e o meu coração. Contigo chorei já tantas vezes. É a ti que procuro quando estou mal e também quando estou feliz. É contigo que partilho os sonhos e é também em ti que deposito os segredos. E nunca mais vou esquecer aquele dia (tu sabes qual) em que me abraçaste com força e não conseguiste controlar as lágrimas.

Foi contigo que aprendi que a amizade também se exterioriza num abraço e que não há que ter medo de mostrar, quando gostamos de alguém.

São para ti Amiga-Irmã que vão estas palavras.

Porque hoje fazes anos.

Por seres como és.

(Imagem do Google)

16 Comments:

Blogger Cusco said...

Para a tua amiga os meus parabéns! Para ti um grande beijo. Este texto faz-me lembrar um grande amigo meu.. porque fazia anos hoje!
Até breve
SE DEUS QUISER

9:22 da manhã  
Blogger poetaeusou said...

Quando os nossos olhos choram,.
acreditam no que vemos ou sentimos.
in) poeta(denome)

Para ti Dulce.

É uma lágrima passageira,.
purificando a nossa iris...

bjs)

9:27 da manhã  
Blogger escrevi said...

Fiquei sem palavras.

Fizeste-me chorar. Mas deixa-me dizer-te, só tens uma amiga assim porque és realmente uma pessoa extraordinária e especial.

Adoro-te mana.

Bjs.

10:05 da manhã  
Blogger José said...

Para as MANAS...
estão de parabéns por manterem uma amizade tão bela.
Beijões para ambas

10:55 da manhã  
Blogger TINTA PERMANENTE said...

A Amizade é assim mesmo!
Tenho para mim sempre a lembrança de Pe. Manuel Bernardes 'De amigos bons estimação se faça, por prova de perigos, não da taça.'
Um abraço!

2:38 da tarde  
Blogger Maria said...

Não tenho dúvida que esta amizade, assim descrita e sentida, vai perdurar...
Obrigada pela sensibilidade mostrada, que me tocou como só eu sei...
Um beijo

4:16 da tarde  
Anonymous Paula e Rui Lima said...

Olá!

Se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

Paula e Rui Lima

5:06 da tarde  
Blogger vero said...

Olá, surpresa desvendada... passa no meu blog! ;) Beijinhos

7:59 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Enviei-te um email há dias. Sem resposta. Será que recebeste?!!

8:18 da tarde  
Blogger viajante said...

BRILHANTE E MUITO COMOVENTE. É BOM TER AMIGOS ASSIM

10:10 da tarde  
Blogger Pepe Luigi said...

Maravilhosa narrativa fraternal.
Que se eternize a vossa cumplicidade e amor.
Parabéns por esta descrição.

Um beijinho
do Pepe.

10:11 da tarde  
Blogger A Rapariga said...

Bonitas palavras para uma amizade de "irmã"...
Beijos

12:07 da manhã  
Blogger Conceição Bernardino said...

Olá,
Ser feliz, do ponto de vista da psicologia, não é ter uma vida perfeita, mas saber extrair sabedoria dos erros, alegria das dores, força das decepções, coragem dos fracassos. Ser feliz neste sentido é o requisito básico para a saúde física e intelectual.
Paragrafo retirado do livro “Nunca desista dos seus sonhos” do autor augusto Cury.

É dos sonhos que eu vivo com os pés bem assentes na terra, força!
Beijinhos
Conceição Bernardino

11:42 da manhã  
Blogger perplexo said...

Perdeste realmente o embaraço de te revelares publicamente. Bj

5:33 da tarde  
Blogger aldina said...

É de boa Amiga oferecer um post e uma rosa azul que é muito difícil de encontrar. Associar o sentimento de irmandade à amizade é indizível!

Até sempre

7:35 da tarde  
Blogger lena said...

emocionante como recordas esta amizade, a tocas e a tratas por "tu" nos sentires

adorei ler e a emoção também me tocou

amizade é tudo isso, na verdade

parabéns à tua amiga, que hoje faz anos, Dulce

parabéns a tu doce menina que sabes o valor da amizade e por seres assim "como és" tu

abraço-te com carinho

beijinhos meus

lena

10:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home