quarta-feira, dezembro 06, 2006

O momento


Guardas o momento. Aquele que jamais se repetirá.
Um segundo depois apenas, e já tudo mudou.
O mar ganhou outra tonalidade.
O crepúsculo adensou-se na noite.
Alterou-se o róseo do céu.
Perdeu-se luz.
Guardas o momento.
Aquele!
Único!
Irrepetível!
... e eu guardo-te a ti!

(Foto minha)

11 Comments:

Anonymous poetaeusou said...

O Momento.
Memorizado.
Aquando Lembrado.
É Pensamento ???...
poetaeusou(indeciso)

11:29 da tarde  
Anonymous antimelga said...

Momentando.
Frequentemente.
O Momento.
É a Ocasião Oportuna.
Registado é o Começo...
antimelga

11:47 da tarde  
Blogger AS said...

Instantes irrepetiveis!...


Um beijo Dulce...

12:13 da manhã  
Blogger wind said...

Querida amiguita, belíssimo poema e linda foto.
Post perfeito:)))
beijos

12:43 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Todos nós só temos a ganhar se aprendessemos a aceitar a ajuda que nos oferecem, bem como a oferecê-la aos outros.

2:26 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Único ! Irrepetível !

....e eu guardo de ti uma imagem de serenidade plena.

10:19 da manhã  
Blogger José said...

Apanhar o momento, na hora certa, que não regressa mais.
Os tons de mais um dia misturados com os sons a saber a mar.
Belo retrato de palavras sobre o momento.
Beijinhos

12:41 da tarde  
Blogger axadresado said...

agarra-se o momento, solta-se as palavras, e ninguem melhor para as soltar que a Dulce.
bjs

2:40 da tarde  
Blogger Besnico di Roma said...

Uma vez mais fiquei de olhos “boquiabertos”
Gostei.

4:25 da tarde  
Blogger Era uma vez um Girassol said...

Adorei!
Irrepetível, sim...
Beijinhos

8:10 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

O momento único! Sem dúvida. Beijos.

12:27 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home