terça-feira, maio 30, 2006

...


"A leitura está no limiar da vida espiritual; pode introduzir-nos nela: não a constitui."
PROUST, Marcel, "O prazer da leitura", Teorema, Lisboa, 1997, p.38
(Foto em www.trekearth.com)

6 Comments:

Blogger Paula Raposo said...

Concordo...Beijinhos, Amiga.

11:51 da manhã  
Blogger A. said...

Tudo é energia e a leitura é sem dúvida,um caminho de aprofundamento deste mundo
que faz parte nós.

Querida Dulce.Beijinhos.

1:10 da tarde  
Blogger Carlos Barros said...

também nos consome...


CONVITE- 7 de JUNHO LISBOA

Estão todos Convidados

Dia 7 de Junho O Autor Carlos Barros, a Corpos Editora e o Clube dos Jornalistas tem o grato prazer de convidar V.Exa., família e amigos para o lançamento do Livro - VAZIO DE CORES, no jardim do Clube dos Jornalistas, no dia 07 de Junho Quarta feira, a partir das 18 horas.
na Rua das Trinas, 127, -na LAPA- Lisboa

-Vazio de Cores- será apresentado por:

- PAULINO COELHO - Programa da manhã da Radio Renascensa.

- Ex Ricardo dePinho Teixeira


Será servido um "Copo".






Vazio de Cores


" Nem sempre o que parece é, nem sempre o que é parece. São os impasses da vida, ou nem por isso que nos fazem pensar em "coisas".

O ponto de partida destes contos foram quase sempre o nada, nada mesmo.

Cada conto saiu da imaginação que me faz viver e sonhar, mas partiu sempre da primeira frase, todos eles nasceram sem destino, mas com uma vontade muito própria, ganharam vida e vontades, grande parte das vezes de um enorme vazio de ideias, mas lá se arranjava um "espacinho" para conspirar e deambular, por mais uma "estória".

As minhas duvidas sobre a minha capacidade de inventar e construir, mantém-se intactas, adoro duvidar de mim, adoro ter dúvidas, adoro descobrir que ás vezes nem eu acredito em mim, isso faz de mim um perfeito idiota, ai fica mais uma duvida qual o idiota que eu sou!

Por isso são os nadas que foram passando pela minha cabeça que estão aqui retractados, bem ou mal, cabe a quem os lê avaliar, mas atenção…"

4:27 da tarde  
Blogger lena said...

Dulce, mais um dos cantinhos onde hoje me sentei para ler,

adoro os teus textos, sempre muito actuais e com uma mensagem que consigo apanhar entre as tuas doces palavras

a escrita brota em ti com facilidade, viajo contigo os momentos que vais partilhando

este poste vem no momento certo: A leitura...

foi o que fiz hoje, ler o que partilhas e ficar na tua companhia, como se estivesses aí

um local de leitura que não dispenso, mesmo que não consiga vir diariamente, venho sempre

continua a dar-nos este prazer de te lermos e o prazer de ler muito do que nos vais oferecendo

beijinhos muitos para ti doce menina

lena

6:21 da tarde  
Blogger wind said...

Se é que há vida espiritual. Para quem acredita há, para quem acredita, não há. Acho esta frase um pouco controversa, desculpa:) beijos

7:10 da tarde  
Blogger JPD said...

Excelente escolha, Dulce.
Proust é provavelmente um dos maiores autores do Sec.XX.
Incontornável.
Bjs

10:51 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home