segunda-feira, dezembro 11, 2006

Natal outra vez!

... e na minha espera ... lembro, aquele dia em que me prometeste Tempo.
Foi a tua prenda nesse Natal. Tempo!
Pareceu-me estranho nessa altura, mas que surpresa se veio a tornar!
Com o Tempo que prometeste vieram Palavras ... milhares de Palavras. Palavras escritas, palavras ditas, palavras segredadas. Palavras choradas.
Com o Tempo vieram gargalhadas e sorrisos. Vieram intermináveis horas compartilhadas. Conversas, mil. Segredos, tantos. E a vontade de continuar, de transformar o Tempo num Tempo Infinito.
As tardes eram engolidas pelas noites que queríamos curtas. Os dias sucediam-se, vertiginosos. As semanas fundiam-se em meses. Voavam!
Agora é de novo Natal. O que me vais oferecer desta vez se já me ofereceste tanto?
E a ti? Que hei-de oferecer este Natal?

14 Comments:

Blogger Maria said...

Tanta sensibilidade e amor neste texto, que bonito!
Se todos pudessemos sentir o que tu escreveste...
Tem uma boa noite

12:13 da manhã  
Anonymous poetaeusou said...

O Texto, tem a Resposta.
Oferecer:
Tempo.
Palavras.
Conversas,
Segredos.
Mais Tempo.
E Tempo.
E ainda Tempo, Infinito.
poetaeusou(pedindotempo)

12:42 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Concordo com o comentário anterior, amiga...
O teu texto já possui tua resposta... :o)
Beijos, flores e muitos sorrisos!

2:48 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Bonito, Dulce! Gostei muito. Beijos.

10:20 da manhã  
Blogger escrevi said...

A melhor prenda de todas.
Amor...

Bjs.

10:59 da manhã  
Blogger wind said...

Belíssima prosa poética:)
Que melhor se pode oferecer a não ser Amor?;)
beijos

12:13 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tempo…
E já sabes quanto vale o tempo?
Tempo que outros não têm…
Tão difícil arranjar Tempo para nós próprios, quanto mais para os outros.
Este Natal quero apenas Tempo, Tempo para nós, que tão bem o sabemos gerir.
Tempo e Amor, a prenda de Natal que todos deviam ter.
Beijinhos, com Tempo.

3:19 da tarde  
Blogger Era uma vez um Girassol said...

Aqui se fala de Tempo e de Amor...
De Palavras e Segredos...
De risos...
Lindo!
Tempo de Amar, sempre!
Bjs

10:26 da tarde  
Blogger AQUENATÓN said...

E eu que te posso dar... senão um pensamento por dia, com todo o tempo do mundo.. ?

Bj

9:58 da manhã  
Blogger Ana Fundo said...

A mim? Podes continuar a dar-me a tua amizade, que é dos Valores mais sagrados que existem!!!
Beijinhos grandes
Ana

11:54 da manhã  
Anonymous Secreta said...

Encontrarás certamente mais algum sentimento bom para oferecer :) . Adorei estas tuas palavras, parabéns.

2:15 da tarde  
Blogger aldina said...

Não há nada mais triste que uma prenda de natal sem ter quem a receba.

Até sempre!

5:45 da tarde  
Blogger des-encantos said...

gostei.
gosto de passar por aqui,
sítio de encantos

11:39 da tarde  
Blogger PALAVRAPUXAPALAVRA said...

Muito bonito, Dulce.

11:21 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home