sábado, dezembro 09, 2006

Espero!

... enquanto eu ... espero!
Espero como quem luta. Desafiando os minutos, rasteirando as dúvidas.
Espero como quem quer. Plantando certezas. Semeando desejos.
Espero como quem ama. Embalando os dias, contrariando as horas.
Lembrando ... como quem espera!

18 Comments:

Blogger Menina_marota said...

"...Espero como quem quer. Plantando certezas. Semeando desejos.
Espero como quem ama. Embalando os dias, contrariando as horas.
Lembrando ... como quem espera!"

Uma espera sensivel...

Vim ler-te, o que é sempre um prazer enorme!

Deixo um abraço e bom fim de semana ;)

2:12 da manhã  
Blogger luis manuel said...

Voltei...! Voltei, porque a máquina parou subitamente de funcionar. Repetem-se as maleitas de outros tempos com mais frequência. E o texto não estava gravado...
Lembrando :

Plantando, semeando - curiosa a aproximação de ideias.
Espero... espero que a Vida renasça, e desse modo a igualdade se multiplique.
Contrariando e desafiando. Lembrando pelo amor.


Um beijo, amiga.

3:08 da tarde  
Anonymous poetaeusou said...

Quem foi que disse.
Que esperar é burrice.
Não é não...
poetaeusou(esperandoeternamente)

3:46 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

"Espero como quem luta. Desafiando os minutos, rasteirando as dúvidas."

O teu texto, muito poético, é pequenino mas diz-nos tanto...
E estamos sempre à espera de qualquer coisa.
Beijos.

5:17 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Não será bem assim...lindamente bem escrito. Sem dúvida. Mas esperar??! Não sei. Beijos meus.

7:07 da tarde  
Blogger Ana Ramon said...

É sempre com muito prazer que passo por aqui e leio as tuas palavras. Um beijinho

12:31 da manhã  
Blogger wind said...

Belo...e como é bom esperar lembrando:)
beijos

1:14 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Espero...como se acreditasse.
Espero...como se fosse possível.
Não sendo, espero na mesma...mas muito triste.

9:59 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Nem de propósito, escrevi algo parecido que também é dificil entender, mas quem não esquece recorda.

Quando tiveres oportunidade, vê os textos que estou a publicar, Fragmentos Passados, textos meus e de quem como eu disse Amar.

Terá sido em vão, ainda hoje espero que não.
Fica bem.

1:05 da tarde  
Blogger augustoM said...

Esperar rasteirando as dúvidas, é como esperar sem desesperar.
Um beijo. Augusto

1:46 da tarde  
Blogger Besnico di Roma said...

Já a vejo ao longe na curva da estreada; está a chegar. Não sabia quando, sabia apenas que havia de chegar, única certeza que então possuía, de que não faltaria ao encontro.
Já a vejo, a espera terminou, é tempo de pegar nas malas e… partir.

2:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Espero…

Também eu espero
Esperei anos, hoje espero dias
Sonhei sonhos, hoje realizo-os
Esperei que me amassem, hoje sinto-me amado
Esperei ser feliz na vida, hoje faço feliz a vida
Porque esperei e hoje, hoje sei esperar
O Amor também é feito de esperança

4:07 da tarde  
Blogger mfc said...

Que atitude!
... gostei muito.

4:46 da tarde  
Blogger aldina said...

Espero por nada só para aprender...

Até sempre

8:01 da tarde  
Blogger Maria said...

Que texto lindo!
Muito poético e muito sensível.

Deixo-te um beijo de boa noite

11:05 da tarde  
Blogger anrasaxa said...

e quem espera desespera :)

7:40 da tarde  
Blogger Naeno said...

Era mergulho do sol,
no dia quase morrendo,
que a cada instante
se aproxima do longe.

Agora lembro os teus olhos,
presos às curvas da estrada,
olhando novas paisagens.
Olhando novas paisagens.

Um beijo
Naeno

11:03 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Espero , afinal todos esperamos de tudo um pouco e as vezes quase nada...
O sonho comanda a vida e quem espera sempre alcança...
está lindo
um Abraço

10:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home